1. Você está em: Inicial
  2. Técnicas
Merengue
Saiba quais são os tipos de merengue e suas aplicações na confeitaria

Muito usado na confeitaria clássica, o merengue é uma combinação de clara de ovo batida com açúcar. Mas dependendo do modo de preparo, esse ingrediente pode servir para diferentes aplicações.
Confira quais são elas:

Merengue francês: é considerado o mais simples de se fazer e é usado principalmente para suspiros e receitas que vão ao forno, pois as claras são batidas cruas e precisam ser assadas. Para preparar esse tipo de merengue, basta bater as claras em neve com metade do açúcar – o que vai depender de quantas claras você vai utilizar. Quando o volume quadruplicar, acrescente a outra parte do açúcar. Esta receita deve ser consumida ou utilizada o quanto antes, já que não é estável.


Merengue italiano: você vai precisar de um termômetro porque este merengue é feito a partir de uma calda de açúcar. Cozinhe o açúcar na água sem mexer, até atingir o ponto de bala mole, a 115 ৹C – saiba mais sobre os pontos da calda de açúcar neste artigo. Neste momento, coloque as claras para bater.
Então, quando a calda atingir 212৹C, despeje-a sobre as claras em neve e bata até esfriar.
O merengue italiano pode ser usado como cobertura de bolos ou substituir o creme de leite em mousses. Ele também é utilizado na preparação de marshmallows.


Merengue suíço: neste tipo de merengue, as claras e o açúcar vão ao fogo em banho-maria, até atingirem 60 ৹C para que o açúcar se dissolva. Depois, é só bater em velocidade máxima durante aproximadamente 10 minutos, ou até que o merengue esteja em temperatura ambiente. É quase como uma junção entre o francês e o italiano. O merengue suíço é considerado mais estável e resistente que o francês. Pode ser usado em cobertura de bolos, cupcakes e é ótimo para sobremesas que vão para a geladeira.

Confira este vídeo sobre Tipos de Merengue: