1. Você está em: Inicial
  2. Artigos
Empreendedorismo
Sete tendências do mundo doce para 2020
Entenda como estes novos comportamentos do consumidor podem mudar os seus doces de amanhã

Trabalhar com o mundo doce requer mais do que talento com as mãos e imaginação para criar. É preciso também entender a relação das pessoas com o alimento.

Um novo comportamento fará toda a diferença no bolo do amanhã. Passamos mais tempo fora de casa. Valorizamos sabores com gosto de saudade. Buscamos produtos que nos proporcionem pequenos momentos de prazer. Todos estes comportamentos indicam as novas tendências de consumo. Reinventar-se – e de forma rápida – é a grande unanimidade no mercado de alimentos.

Com clientes mais rigorosos, a tecnologia entrando de cabeça na cozinha e a concorrência de produtos cada vez maior, como fazer parte de um mercado que não para de crescer, evoluir e mudar?

Para ajudar você a entender o que o consumidor espera do mercado doce em 2020, apontamos algumas tendências que vieram para ficar e adoçar a nossa vida.

• Alimentos “de verdade”
Saudade dos doces que a sua avó fazia? Eles fariam muito sucesso hoje. Consumidores estão em busca de alimentos menos processados, frescos, de preferência orgânica e que valorizem produtores na sua região. Um comportamento que influencia todo o mercado de alimentos, inclusive o mundo doce.

• Sabores botânicos


Flores adicionadas à composição de sobremesas, extratos botânicos e ervas e chás como lavanda, hibisco, manjericão, matchá e outros ingredientes naturais fazem parte do novo repertório de criações na confeitaria.

• Simplicidade e customização
Você já ouviu falar que menos é mais? Produtos sazonais e mais personalizados às necessidades dos consumidores são uma tendência muito forte e é explicada por muitos fatores. As pessoas querem comer produtos de qualidade a preços acessíveis, e aqui você tem a chance de achar o seu lugar no mercado, oferendo porções menores e customizadas e criando receitas direcionadas a cada tipo de público.

• Grab & Go


O tempo – o que não temos e o que queremos economizar também – é a chave deste novo comportamento. O consumo em movimento cresce ano a ano, abrindo um caminho de possibilidades que pode ser melhor explorada em novos produtos e alinhados a embalagens adequadas à esta demanda.

• Clássicos reinventados
Alimentos nostálgicos e com sabor de saudade estão com tudo, inclusive no mercado doce. O desafio em recriar clássicos está em criar abordagens criativas e que proporcionem novas experiências com um sabor já reconhecido do público, garantindo uma nova experiência com um sabor familiar.

• Qualidade em primeiro lugar
Hoje, todos somos clientes. Mais rigorosos, exigentes e criteriosos com o que consumimos e com a origem dos alimentos. Na confeitaria, esta tendência pode ser explorada em produtos como pães, bolos e doces em que os ingredientes sejam o grande destaque.

• Experiência de consumo
Promover novas experiências ao consumidor vai muito além de um produto saboroso. É uma das tendências mais complexas por envolver todas as etapas de produção do alimento: o local de consumo, o atendimento, a venda, a embalagem, o visual, o sabor, a textura. Experiência é tudo! Por isso, nunca é tarde para dizer que conhecer o seu público fará toda a diferença para conquistar o estômago e o coração dos seus consumidores.

Fonte: WhitePaper A Nova Confeitaria e sua Transformação no Food Service, Fispal FoodDigital