1. Você está em: Inicial
  2. Artigos
Produção
Os tipos de chocolate e suas aplicações na confeitaria
Entenda as diferenças entre os chocolates nobre e fracionado. Além disso, mostramos quais deles são mais indicados para recheios, coberturas, massas e decoração

Quem está começando a trabalhar com confeitaria pode ter dúvidas em relação aos tipos de chocolate e quais são suas finalidades. Qual usar para fazer o recheio? Qual deles fica melhor na cobertura?
Para que você tenha todas essas respostas na ponta da língua, vamos esclarecer quais são as diferenças entre os chocolates e como utilizá-los para que seus doces tenham sabor e qualidade inconfundíveis.

Chocolate nobre
O chocolate é considerado nobre quando tem, no mínimo, 25% de sólidos de cacau. Para trabalhar com este chocolate puro é necessário usar a técnica de temperagem, responsável por manter a textura e dar o formato desejado ao doce.
O chocolate nobre é indicado para:

• Massas
• Recheios
• Ovos de Páscoa
• Bombons

Confira o guia definitivo para temperar chocolate:


 

Chocolate fracionado ou cobertura
Este tipo de chocolate tem adição de gordura vegetal em sua composição e é vendido em barra ou em lascas. Não é preciso realizar o processo de temperagem para trabalhar com o chocolate fracionado, o que garante praticidade à produção, especialmente para quem vive em regiões de temperaturas elevadas.
Para derretê-lo, basta aquecer o chocolate em banho-maria ou no micro-ondas.
O chocolate fracionado pode ser utilizado como:

• Cobertura de bombons
• Cobertura de pães de mel
• Banhar frutas
• Outros tipos de decoração

Vale destacar ainda que tanto o chocolate nobre como a cobertura são vendidos em diferentes sabores, como chocolate branco, ao leite, blend e meio-amargo.

Aqui você pode conferir todos as linhas de chocolate Selecta:
http://www.selectachocolates.com.br/produtos